Últimas

Justiça Eleitoral decide pela permanência de parlamentares venecianos no cargo


Dos quatro vereadores de Nova Venécia que estavam ameados de perder seus mandatos, três obtiveram decisão favorável da justiça eleitoral e permanecem no cargo. O quarto ainda aguarda decisão do órgão judicial. 

As ações em desfavor dos parlamentares foram fundamentadas na existência de possíveis irregularidades na composição das chapas partidárias nas eleições de 2020 pelas quais concorreram os quatro vereadores e, foram requeridas por candidatos suplentes, sob a alegação de ter havido candidaturas femininas laranjas nessas chapas. 

A decisão do juiz da 30ª Zona Eleitoral, Thiago de Albuquerque Sampaio Franco, foi pela permanência dos vereadores Josias Mendes Machado, do Democracia Cristã e de Vanderlei Bastos Gonçalves e Sebastião Macedo do Solidariedade, justificando não haver irregularidades nas chapas.

Quanto ao vereador Pedro Gonçalves, do Podemos, o julgamento segue indefinido, com a expectativa de que em breve seja anunciada a decisão.