Últimas

Afinal, há alguma organização de sequestradores de crianças em Nova Venécia?


Há alguns dias, áudios e mensagens dando conta de tentativas de rapto de crianças em Nova Venécia vêm circulando em grupos de WhatsApp.

De acordo com as divulgações, um casal em um carro de cor escura estaria rondando a cidade na tentativa de sequestrar crianças. As mensagens falam dos bairros Rúbia, Monte Castelo, Aeroporto e São Cristóvão.

Em um áudio de um minuto de duração, um suposto morador do Bairro Rúbia relata:

“Oi galera, boa noite! Vocês que têm criança de 7 até 12 para 13 anos, vocês fiquem espertos aí, evitem mandar seus filhos saírem sozinhos de casa, porque eu tenho um menino, que é um rapazinho já, e tentaram pegá-lo aqui no Rúbia hoje; uma mulher com um carro azul e um camarada dentro. Tentaram usar de mania de dinheiro em uma carteira que a mulher tinha achado e tentaram levar ele para um lugar mais quieto; então, graças a Deus que ele foi um pouquinho mais esperto do que eu pensei que ele era. Ele correu para dentro do supermercado… então vocês que têm criança, evitem deixar sair sozinhos e divulguem aí nos outros grupos que vocês estiverem participando para ver se dá um jeito de inibir esse povo aí porque está difícil. A única coisa que ele me falou, porque estava muito assustado, é que o carro era de cor entre azul e preto e a placa do carro é de Vitória”.

Abaixo do áudio, duas mensagens de texto (supostamente) de pessoas diferentes, afirmam:

“Precisamos ficar atento com as crianças… Não é a primeira vez que ouço falar sobre isso aqui”.

“Isso não é mentira! A (sic) cerca de uns 20 dias atrás (sic) tentaram pegar meu filho quando voltava do treino na quadra do Rúbia”.

O Serviço de Comunicação do 2º Batalhão da Polícia Militar informou que tomou conhecimento através de grupos de WhatsApp, mas, que não há nenhum registro sobre as supostas ocorrências, e nenhum chamado foi feito para atendimento a algo semelhante.

Na Polícia Civil, também não há registro de tal natureza. De acordo com o delegado Wilian Dobrovoski, ele ouviu sobre o assunto: “Tenho escutado relatos, mas não tenho conhecimento de nenhuma criança sequestrada em Nova Venécia e nem de tentativa. Se tem alguma organização atuando nesse sentido, não conseguiu pegar ninguém. O que ouvi foram rumores”.

Ele prossegue: “Pense: se existe alguma organização destinada ao rapto de crianças, isso é uma coisa muito grave. Eu posso te afirmar que se uma criança for raptada, a Delegacia para, não faz mais nada enquanto ela não for encontrada. É uma coisa que o Estado inteiro vai cobrar, a imprensa vai ficar em cima e tem que resolver. Então, eu acho muito difícil que uma organização destinada a isso possa se perpetrar”.

O delegado Douglas Sperandio, responsável pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Idoso de Nova Venécia, disse que há muita conversa distorcida e nenhuma denúncia sobre o assunto.

As polícias Civil e Militar alertam que, em caso de qualquer ameaça ou mesmo suspeita, devem ser acionadas imediatamente.

As mensagens que estão circulando seguem um padrão; não são enviadas diretamente por alguma testemunha ou algum pai ou mãe cujo filho tenha sofrido tentativa. Cada uma sempre aparece como “encaminhada com frequência”, ou seja, alguém a recebeu e encaminhou aos grupos.

No entanto, de qualquer forma, criança é criança e precisa ser cuidada e vigiada. Independente da situação, não se deixa criança sozinha em casa e tampouco sair à rua desacompanhada.

Fonte: Correio9