Últimas

4 investimentos de Renda Fixa para iniciantes a partir de R$ 100

4 investimentos de Renda Fixa para iniciantes a partir de apenas R$ 100

Muitas pessoas acreditam que para começar a investir é preciso ter bastante dinheiro, esforço e tempo. No entanto, o mundo dos investidores iniciantes é bem mais simples do que parece.

Segundo o Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira, Fabrizio Gueratto , com apenas R$ 100 já é possível investir sem se preocupar com os riscos e conseguir juntar uma quantia de até R$ 100 mil.

Muitas pessoas acreditam que para começar a investir é preciso ter bastante dinheiro, esforço e tempo. No entanto, o mundo dos investidores iniciantes é bem mais simples do que parece.

Segundo o Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira, Fabrizio Gueratto, com apenas R$ 100 já é possível investir sem se preocupar com os riscos e conseguir juntar uma quantia de até R$ 100 mil.


Investimentos de Renda Fixa

Os investidores iniciantes precisam sempre começar pelo começo. Ou seja, encontrar uma aplicação que ofereça menos risco. Por conta disso, os investimentos de Renda Fixa são os mais recomendados.

Ainda mais, para aqueles que ainda não se enxergam entrando na Bolsa de Valores para fazer aplicações no mercado de renda variável.

CDB

O CDB é um modelo de investimento de Renda Fixa. Basicamente, a pessoa empresta seu dinheiro para o banco e o mesmo terá que devolver tal quantia junto com um adicional.

Essa rentabilidade é calculada com base no CDI (Certificado de Crédito Interbancário), que sempre segue um ponto percentual abaixo da taxa básica de juros, a Selic. Normalmente, as maiores instituições oferecem as menores taxas, pois eles passam maior segurança para investidores iniciantes.

No entanto, todo CDB é coberto pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Ou seja, caso o banco quebre, o governo tem a obrigação de ressarcir até R$ 250 mil do valor.

LCI e LCA

Na prática, esses dois investimentos são bastante semelhantes aos CDBs. Contudo, as aplicações estão ligadas ao mercado imobiliário e o agronegócio.


Desta forma, o banco pega o dinheiro do investidor e empresta para estes dois setores. Além disso, é um modelo que não possui taxação do Imposto de Renda.

Como o próprio governo apoia contribuições que irão ajudar com o crescimento do PIB do pais, o investidor não precisa se preocupar.

Fundos de Renda Fixa

Assim como qualquer outro fundo de investimentos, os de renda fixa funcionam como uma espécie de cofrinho gerido por alguém.

Basicamente, os investidores iniciantes aplica uma determinada quantia em um fundo e o gestor, que normalmente é uma pessoa especializada, pega esse valor, soma ao resto e aplica.

A vantagem dessa aplicação é que, diferente da maioria dos títulos públicos, pode ser retirada a hora que bem entender, basta analisar o tempo de liquidação. Contudo, a pessoa precisa ficar atenta às taxas de administração e corretagem. Afinal, às vezes elas podem não compensar.

CDB com cashback de 20%

Em primeiro lugar, é necessário fazer uma conta no Banco Modal através do aplicativo da corretora, o Modalmais. A abertura é realizada de forma 100% online, fácil e com um passo a passo intuitivo.

Dessa forma, como recém cliente, o primeiro investimento dá direito a um cashback de 20%. Na prática, ao investir R$ 100 reais, irá retornar para a carteira um valor de R$ 20.

Como iniciantes podem juntar R$ 100 mil?

Para alguns especialistas, é possível conseguir juntar R$ 100 mil com apenas R$ 100 por mês. Segundo Fabrizio Gueratto, por exemplo, com apenas 0,7% de rentabilidade ao ano já dá para conseguir tal patrimônio.

Assim, em 10 anos, o investidor terá R$ 18,839, em 20 anos, R$ 62.351, e em 25 anos, R$ 102 mil. Depois, esse valor vai aumentando cada vez mais rápido, porque irá acumulando.

Sendo assim, mesmo não levando em conta a inflação dos anos, o investidor iniciante conseguirá guardar uma quantia considerável para o futuro.

1 Bilhão