Últimas

Cláudio e Lauro assinam compromisso com Sindicato dos Servidores Públicos de Boa Esperança


Segundo o presidente do Sindserv, Erivelton Pessin: “A candidata Fernanda não entregou o documento assinado.”

Os candidatos a prefeito Cláudio Boa Fruta (DEM) e vice Lauro Vieira (PP) assinaram o compromisso com o Sindicato do Servidores Públicos de Boa Esperança (Sindserv).

Em vídeo postado nas redes sociais, o presidente do Sindicato, Erivelton Pessin informa que o candidato Antonio José e Izael Marquiori, ambos do Republicanos também assinaram o documento, já a candidata a prefeita Fernanda Milanese (Solidariedade) e vice Leandro da Associação (PDT) não assinaram o documento dentro do prazo determinado.

Erivelton relata que foi feito convite aos três candidatos, e que apenas os dois já mencionados discutiram com os representantes da classe as propostas de governo relativas aos servidores e aceitaram a pauta de reinvindicações do Sindserv, assinando o referido documento e reconhecendo firma em cartório.

“A candidata Fernanda não entregou o documento assinado. Iremos entrar em contato na próxima semana, para ver se ela tem interesse em assinar o documento”, afirmou o presidente do Sindicato dos Servidores.

Solidários aos servidores

“Assinamos o acordo, aceitando a pauta de reivindicações do Sindicato, porque somos solidários aos servidores públicos municipais. O nosso governo será construído com muito diálogo, e queremos a parceria desses homens e dessas mulheres para transformar Boa Esperança numa cidade melhor, com a implementação de agilidade nos serviços públicos e um atendimento humanizado a população”, frisou o candidato a prefeito Cláudio Boa Fruta.

“Nós temos muito respeito por essas pessoas, com as quais o nosso governo sempre terá muito diálogo e atenção”, disse Lauro Vieira.

Lauro Vieira argumentou que quando foi prefeito, os servidores receberam vários benefícios, citando: a folga no dia do aniversário; ticket alimentação; piso salarial do magistério e dos agentes comunitários de saúde e de endemias e a modernização do plano de carreira, tanto do magistério, como de todos os outros profissionais.

“Modernizamos a tabela de cargos e salários para que eles não fossem mais prejudicados por complementação salarial, além disso, pagamos todos os débitos, de acordos e precatórios nos quais a prefeitura tinha com os servidores. Valorizamos os nossos servidores municipais, porque são eles que impulsionam a administração do município”, destacou o candidato a vice.

Até o fechamento desta matéria a candidata ainda não aceitado a pauta de reivindicações do Sindicato.


Portal GN1