Últimas

Prefeituras do ES cancelam carnavais por causa da chuva



Dez municípios capixabas anunciaram que irão cancelar as festas de carnaval. O motivo da maioria é o redirecionamento de gastos para a reconstrução dos locais atingidos pelas chuvas.
Iconha, Alfredo Chaves, Castelo e Viana já haviam anunciado o cancelamento durante a semana. Mimoso do Sul também não terá a festa, mas o motivo é falta de dinheiro da cidade.
Cachoeiro de Itapemirim, Iúna, Vargem Alta e Dores do Rio Preto anunciaram nesta quarta-feira (29) a decisão. Domingos Martins e Muniz Freire ainda estão analisando a proposta.
Já Marataízes anunciou o cancelamento da programação de fevereiro em respeito aos municípios vizinhos, mas manterá o Carnaval. A maioria dos municípios fica no Sul do Estado, exceto Viana, na Região Metropolitana, e Domingos Martins, na Região Serrana.
Confira a situação de cada município.

Mimoso do Sul
A Prefeitura de Mimoso do Sul anunciou o cancelamento do Carnaval no município, alegando dificuldades financeiras. O prefeito ngelo Guarçoni Júnior (MDB), disse que quer cumprir à risca a Lei de Responsabilidade Fiscal em seu último ano de mandato.

Iconha
O prefeito de Iconha, João Paganini, informou na segunda-feira (27) que o recurso que seria utilizado para a "Festa Cultural" vai ser destinado para as ações de reconstrução da cidade, devastada pelas enchentes do último dia 17 de janeiro. O Pré-Carnaval de Iconha aconteceria nos dias 13, 14 e 15 de fevereiro.

Alfredo Chaves
Segundo a prefeitura, a enchente, definida como a maior já registrada na história do município, deixou danos incalculáveis na cidade e na vida dos moradores. Por lá, o orçamento que seria usado no carnaval também será redirecionado para áreas mais emergenciais.

Castelo
O município foi atingido pela maior enchente de sua história no último final de semana e o tradicional “Castelo Folia” foi cancelado, segundo comunicou o prefeito Domingos Fracaroli (PSDB).

Viana
A cidade não foi afetada pelas chuvas, mas, de acordo com o prefeito Gilson Daniel, todos os recursos que seriam destinados para a festa serão investidos para atualização do Plano Municipal de Redução de Risco do município de Viana (PMRR). O Plano envolve o mapeamento do risco e dos domicílios em situação de risco, bem como de deslizamento de encostas no município.

Cachoeiro de Itapemirim
A festa de Carnaval em Cachoeiro de Itapemirim foi cancelada. A notícia foi dada pelo prefeito Victor Coelho (PSB), na tarde desta quarta-feira (29). O município foi atingido pela maior enchente de sua história no último sábado (25), e a Prefeitura decretou Estado de Calamidade Pública por conta dos estragos.

Vargem Alta
A Prefeitura de Vargem Alta decidiu cancelar a realização do Carnaval deste ano, e o dinheiro que seria utilizado nos dias do evento será usado para reforçar a assistência às famílias desabrigadas e para recuperar a infraestrutura em todo o município, afetado por fortes chuvas no mês de janeiro. Nos últimos dias 17 e 18 a cidade enfrentou a maior enchente de sua história.

Iúna
A Prefeitura anunciou por meio de uma rede social que não irá realizar o Carnaval 2020 e os recursos, que seriam de cerca de R$ 50 mil será destinado para o acolhimento social e serviços necessários à reconstrução da cidade.

Marataízes
A Prefeitura de Marataízes divulgou um comunicado nesta quarta-feira (29), avisando que os eventos programados para o mês de fevereiro estão cancelados em respeito aos municípios vizinhos devastados pelas fortes chuvas e enchentes. A prefeitura pede ainda a compreensão dos moradores do município e os turistas, e informa que a programação do Carnaval está mantida e, em breve, será divulgada.

Muniz Freire
O presidente da Câmara Municipal de Muniz Freire, o vereador Gedelias de Souza (PEN), divulgou nota afirmando que marcará uma sessão extraordinária na qual serão analisados projetos para reverter os problemas causados pelas chuvas. Uma das propostas é o encaminhamento para a Prefeitura Municipal da sugestão de cancelamento do carnaval, para que todo o dinheiro seja investido na recuperação do município e apoio as famílias afetadas.

Domingos Martins
A Prefeitura de Domingos Martins divulgou nota na última segunda-feira (27) que estava estudando a possibilidade de cancelamento da 31ª Sommerfest e do Carnaval. Porém, ainda ontem (28), foi confirmado a realização da festa alemã, que terá caráter solidário. O carnaval ainda continua sobre avaliação e não foi dado prazo para o anúncio.

Dores do Rio Preto
A cidade cancelou o carnaval por orientação do prefeito Cleudenir José de Carvalho Neto (PDT), o Ninho, por causa das chuvas que atingiram a cidade. A secretária de Cultura, Esporte e Turismo Dalva Ringuier confirmou a informação e disse que os danos materiais foram muito altos. O carnaval já estava organizado, mas o dinheiro será empenhado na reconstrução de Dores, já que mais da metade da cidade foi inundada.

Fonte: Folha Vitoria




Nenhum comentário