Últimas

Operação Carnaval: cai número de mortes nas rodovias do ES, mas ultrapassagens sobem 121%



Durante a Operação Carnaval, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) entre os dias 21 e 26 de fevereiro, houve uma queda de cerca de 40% no número de mortes nas estradas que cortam o Espírito Santo. 
Nos seis dias da operação, foram registrados 54 acidentes, com 86 feridos ao todo, nas rodovias federais que cruzam o Espírito Santo. No Carnaval de 2019, ocorreram 50 acidentes e 66 pessoas ficaram feridas.
Apesar da diminuição no número de mortes nas rodovias federais, a quantidade de ultrapassagens proibidas cresceram 121,53% em comparação com o Carnaval de 2019. 
Segundo a PRF, como a maior parte das rodovias que cortam o Espírito Santo são de pista simples, isto é mão e contramão, os motoristas devem ficar em alerta e seguir a regulamentação de trânsito. 
A infração pode ocasionar colisões frontais e, consequentemente, aumentar o número de vitimas fatais de acidentes de transito. O condutor que for flagrado fazendo ultrapassagens proibidas, que é considerada uma infração gravíssima, perde sete pontos na carteira de motorista e precisa de R$ 957,70. 
Exemplo da fatalidade é a morte do vereador da Serra, Cabo Porto. Ele, a mulher e o filho morreram após um acidente de transito na BR 101, na altura de Jaguaré, Espírito Santo. 
De acordo com PRF, 7.054 veículos foram fiscalizados e 3.989 autuações foram registradas, entre elas 1.336 por excesso de velocidade, 607 por ultrapassagens proibidas e 205 por falta do uso do cinto de segurança. Após passarem por teste de bafômetros, 50 condutores foram flagrados na Operação Carnaval. 

Fonte: Folha Vitoria




Nenhum comentário