Últimas

Pesquisa inédita vai estudar genes do câncer de pulmão no Brasil e EUA



Um estudo pioneiro no país vai sequenciar o código genético dos pacientes não fumantes brasileiros acometidos por câncer de pulmão. O trabalho quer identificar os fatores de risco dessa população e deve começar ainda no primeiro semestre de 2020.
Ramon Andrade de Mello, médico oncologista, professor da disciplina de oncologia clínica da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e da Escola de Medicina da Universidade do Algarve (Portugal), é responsável pelo projeto, que nasceu a partir de uma demanda do NCI (National Cancer Institute, Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos) e deve ser realizado em parceria com uma instituição dos EUA.
O oncologista tem liderado pesquisas similares em Portugal, país que já realiza estudos sobre o assunto há mais de dez anos. Segundo ele, mais de 400 portugueses já tiveram a análise de genes. “Essa pesquisa é muito importante para identificar o melhor tratamento para muitos casos da doença, assim como os medicamentos mais indicados. O sequenciamento genético é um instrumento cada vez mais aplicado tanto no diagnóstico como no tratamento do câncer em todo o mundo. Vamos dar um passo muito importante no tratamento da doença no Brasil”, esclarece o professor da Unifesp.
Em todo o mundo, anualmente são registrados 1,5 milhão de novos casos de câncer de pulmão, sendo que 85% dos registros estão relacionados ao tabagismo e 15% acometem os não fumantes.

Fonte: Folha Vitoria




Nenhum comentário