Últimas

Hospital São Marcos vai receber mais de R$ 1,3 milhão de auxílio financeiro emergencial


O Hospital São Marcos (HSM), em Nova Venécia, será um dos contemplados nesta segunda parcela dos recursos de auxílio financeiro emergencial para o controle da Pandemia da COVID-19, criado pela Lei nº 13.995, de 5 de maio de 2020, do Ministério da Saúde. O recurso, na ordem de R$1.319.856,49 será utilizado para serviços ambulatoriais e hospitalares de média e alta complexidade, para enfretamento da pandemia de coronavírus.

Em entrevista por telefone à imprensa local esta semana, o deputado Federal, Evair de Melo, falou da ação, na presença do prefeito do município, Lubiana Barrigueira. “Um valor considerável que chega em um bom momento, fundamental para dar um fôlego financeiro ao hospital. Assim como em Nova Venécia, também estão sendo contempladas outras santas casas e hospitais filantrópicos pelo Espírito Santo, inclusive municípios vizinhos de Nova Venécia”, disse o parlamentar.

O critério de rateio para alocação dos recursos disponibilizados teve como base o quantitativo de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) cadastrados no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde até o dia 12 de maio.

O prefeito Lubiana Barrigueira salienta que este recurso vai permitir aos estabelecimentos de saúde uma atuação de forma coordenada no controle do avanço da pandemia da Covid-19. “Os hospitais também registraram queda brusca na receita já que que houve diminuição da produção dos serviços hospitalares, como cirurgias eletivas, desde o início da pandemia por todo o Brasil. Com esse recurso as instituições de saúde poderão investir naquilo que neste momento é a maior emergência”, conclui o prefeito.

O diretor do HSM, Alessandro Aguilera, celebra a medida. “O recurso veio a tempo de evitar que algo mais grave acontecesse junto a essas instituições filantrópicas que são tão importantes para o Sistema Único de Saúde - SUS e que nesse momento sofrem com a desocupação hospitalar, com quedas brutais nas receitas. O HSM em abril registrou uma queda de receita de 40% e 36% em maio. Isso sem levar em conta o aumento de algumas despesas como EPIs por exemplo, onde alguns itens tiveram aumento de três mil por cento em abril. Não fizemos demissões em massa como outras instituições tiveram de fazer. Continuamos prestando serviço com o mesmo quantitativo de profissionais que tínhamos antes da pandemia. São mais de 200 mães e pais de família que fazem parte de nosso quadro de profissionais, entre próprios e terceirizados. Isso mostra a importância da gestão em momentos de crise. Considerando que a doença se arrasta por tempo indeterminado e o HSM tem atendido um quantitativo de pacientes muito abaixo da sua normalidade e também o agravamento nos casos de Covid-19 no país, o recurso destinado é de vital importância para a manutenção de nossas atividades, dando o suporte necessário à população em um momento tão delicado. Agradecemos o empenho de todos que atuaram junto ao Governo Federal para que esse auxílio fosse possível ser feito a essas instituições”, finaliza.

O recurso poderá ser usado na aquisição de medicamentos, suprimentos, insumos e produtos hospitalares para o atendimento adequado à população, na aquisição de equipamentos e na realização de pequenas reformas e adaptações físicas para aumento da oferta de leitos de terapia intensiva, além da contratação e o pagamento dos profissionais de saúde necessários para atender à demanda adicional. 

Veja relação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos capixabas contemplados com a segunda parcela do auxílio financeiro emergencial:

AFONSO CLAUDIO
Hospital São Vicente de Paulo
R$ 697.426,44

ALEGRE
Casa de Caridade São José
R$ 440.340,72

ANCHIETA
Hospital e Maternidade Anchieta
R$ 527.381,19

APIACÁ
Hospital José Monteiro
R$ 160.129,23

ARACRUZ
Hospital São Camilo
R$ 1.354.369,60

BOA ESPERANÇA
Associação Hospitalar Rural de Boa Esperança
R$ 603.959,42

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM
Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro
R$ 1.954.360,10

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM
Hospital Infantil Francisco de Assis
R$ 842.806,29

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM
Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim
R$ 1.927.644,07

CASTELO
Santa Casa de Misericórdia de Castelo
R$ 320.776,25

COLATINA
Hospital São José
R$ 2.736.619,06

COLATINA
Santa Casa de Misericórdia de Colatina
R$ 604.454,72

DOMINGOS MARTINS
Hospital e Maternidade Dr. Arthur Gerhardt
R$ 1.176.592,97

ECOPORANGA
Fundação Médico Assistencial do Trabalhador Rural
R$ 495.007,93

GUAÇUÍ
Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí
R$ 889.780,33

GUARAPARI
Hospital Infantil Francisco de Assis
R$ 944.766,43

ICONHA
Hospital Maternidade Danilo Monteiro de Castro
R$ 237.921,24

ITAPEMIRIM
Hospital Evangélico de Itapemirim
R$ 809.674,96

ITARANA

Hospital São Braz
R$ 146.160,50

IÚNA
Santa Casa de Iúna
R$ 559.008,70

JOÃO NEIVA
Hospital e Maternidade Sagrado Coração de Maria
R$ 437.045,12

LINHARES
Hospital Rio Doce
R$ 1.414.908,05

MIMOSO DO SUL
Hospital Apóstolo Pedro
R$ 473.654,48

MONTANHA
Hospital Maternidade Nossa Senhora de Aparecida
R$ 582.486,37

MUNIZ FREIRE
Santa Casa de Misericórdia Jesus Maria José
R$ 277.221,84

NOVA VENÉCIA
Hospital São Marcos
R$ 1.319.856,49

PEDRO CANÁRIO
Hospital Menino Jesus
R$ 748.270,54

SANTA LEOPOLDINA
Hospital Nossa Senhora da Penha
R$ 413.684,02

SANTA MARIA DE JETIBÁ
Hospital Concórdia
R$ 819.530,38

SANTA TERESA
Hospital Madre Regina Protmann
R$ 1.093.818,20

SÃO MATEUS
Hospital Maternidade São Mateus
R$ 758.687,64

VARGEM ALTA
Hospital Padre Olívio
R$ 74.160,34

VENDA NOVA DO IMIGRANTE
Hospital Padre Máximo
R$ 1.022.728,84

VILA VELHA
Hospital Evangélico de Vila Velha
R$ 2.780.214,68

VITÓRIA
Hospital Santa Rita de Cássia
R$ 2.298.121,49

VITÓRIA
Hospital Santa Casa de Vitória
R$ 2.541.838,51

VITÓRIA
Pró-Matre
R$ 1.008.180,28

Total dos recursos : 35.493.587,40

Com informações Prefeitura de Nova Venécia 


 

 

 

 




Nenhum comentário