Últimas

Globo contrata Renata Silveira, primeira narradora da história da emissora

Carioca, ela é formada em educação física e pós-graduada em jornalismo esportivo

A equipe de narradores da Globo tem agora uma voz feminina. A carioca Renata Silveira foi contratada para integrar o departamento de Esportes e será a primeira mulher na história a comandar as transmissões de futebol na empresa.

– O espaço para as mulheres vem crescendo bastante. Isso depende de oportunidades, porque a gente tem muitas mulheres capacitadas para estarem ali, mas às vezes não tem a oportunidade. Os veículos, não só a Globo, estão abrindo os olhos para as mulheres – disse Renata.

Renata Silveira, primeira narradora da Globo — Foto: João Cotta / Globo


Formada em educação física com pós-graduação em jornalismo esportivo, Renata começou a carreira na narração ao vencer em 2014 um concurso da Rádio Globo. Como prêmio, narrou os jogos Uruguai x Costa Rica e Croácia x México, pela Copa do Mundo.

– Antes tinha a questão do preconceito, de que o futebol era um lugar exclusivo para homens, não só na televisão, mas também nos estádios. Isso a gente está quebrando aos poucos, mostrando que somos capazes através do nosso trabalho e do esforço de falar sobre futebol, comentar e narrar – acrescentou a narradora, que passará por período de adaptação e ainda não tem data de estreia.

Renata estreou na televisão ao ser selecionada pela Fox Sports para narrar jogos da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Entre eles, Brasil x Suíça, Brasil x Bélgica (a eliminação da Seleção) e a final França x Croácia.

Ela foi contratada pelo canal após o Mundial, onde até recentemente se dividia com trabalhos na ESPN Brasil. Além das partidas da Copa do Mundo, Renata também tem experiência no futebol com jogos da Copa Libertadores da América e Liga dos Campeões feminina.


Globo Esporte