Últimas

Uso de floral de Bach se torna tendência durante Pandemia

Controlar as emoções durante o período de isolamento social requer muita paciência e equilíbrio.

Apesar de nem sempre estas condições serem conquistadas de forma espontânea, já que as atribulações do dia a dia, entre outros problemas acabam afetando diretamente a saúde mental, vale destacar, que há alternativas bem naturais que podem ser usadas, a fim de acalmar o corpo e a mente, como é o caso dos florais de Bach.

O uso dos florais de Bach vem crescendo durante a Pandemia, já que muitas pessoas visam superar a ansiedade provocada neste período, sem precisar se deslocar aos serviços de saúde, como consultas em clínicas, inclusive, utilizar receitas para adquiri-los em farmácias.

Apesar da facilidade de garantir os florais, vale destacar, que eles não podem substituir um tratamento psicológico ou psiquiátrico com uso de medicações. Geralmente os florais complementam tratamentos ou são adotados por pessoas, que apenas estão passando por momentos de tensão, sem desenvolver nenhuma patologia mental.

Vale destacar também, que mesmo com a venda indiscriminada em farmácias e lojas virtuais, os florais podem ser mais eficazes, quando indicados por um terapeuta holístico, já que ele saberá informar qual a melhor essência, entre as 38 disponíveis para cada tipo de caso.

Mais sobre os florais

Os florais foram desenvolvidos entre as décadas de 20 e 30 pelo médico patologista Dr. Edward Bach.

Para Bach, tratar primeiramente a emoções refletia diretamente na qualidade física, ou seja, para ele, as doenças iniciam por distúrbios emocionais e logo após, apresentam sintomas físicos.

As 38 essências subtraídas de flores e plantas possuem efeitos restauradores, segundo as pesquisas de Bach, que atuam equilibrando diversos campos emocionais.

Este tratamento terapêutico natural já foi reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde como uma PIC (Prática Integrativa e Complementar).

Tipos de Florais

Dentre essas 38 essências do floral de Bach, há uma indicação diferente para cada emoção humana. Além disso, ao catalogar as essências, Bach dividiu os florais em sete tipos de personalidade:

  1. Medo;
  2. Insegurança;
  3. Perda de interesse;
  4. Solidão;
  5. Sensibilidade aumentada;
  6. Desesperança e desespero;
  7. Preocupação.

Para saber qual o melhor floral, Bach ainda orientava os pacientes a se concentrarem no sentimento atual. Também é importante identificar a personalidade, afinal, ela pode interferir diretamente na reação a cada sentimento.

Entre as essências mais usadas, há um mix denominado “rescue remedy”, que combina cinco tipos de florais diferentes.

O rescue remedy geralmente é indicado para casos de emergência, associados ao estresse, como também, diante de acontecimentos chocantes, como luto, perda de emprego, entre outras incidências.


Uso do floral

Para usar o floral de Bach é simples, basta pingar duas gotas diretamente na língua, esta forma costuma ser a mais utilizada e também mais efetiva.

Caso o gosto do brandy não seja apreciado, também é possível diluir o terapêutico em um copo de água, dobrando a quantidade de gotas.

Entre as propostas de Bach para o uso de florais está o autotratamento, por isso a administração dos florais é bem fácil, permitindo que qualquer pessoa reconheça seu problema e escolha a melhor essência, entretanto, o conhecimento técnico do Terapeuta pode ajudar a priorizar alguns sentimentos e também identificá-los, por meio de anomalias físicas.


NotíciasConcursos