Últimas

Final da Euro definida! Itália vence a Espanha nos pênaltis



A Itália está na final da Eurocopa. Com a vitória nos pênaltis para cima da Espanha, após o empate em 1 a 1, nesta terça-feira (6), em Wembley, a equipe se garante na decisão para tentar o segundo título continental na história.

Morata, grande herói espanhol no tempo normal, se transformou em vilão, ao perder sua cobrança. Jorginho, brasileiro naturalizado italiano, converteu a última cobrança e classificou sua seleção.

Os comandados de Roberto Mancini agora esperam pelo vencedor da outra semifinal, entre Inglaterra e Dinamarca, nesta quarta. A decisão está marcada para domingo, mais uma vez no lendário estádio inglês.

Donnarumma salva a Itália

Após um início de domínio italiano, a Espanha aos poucos foi se encontrando no jogo e, além de ter o controle da bola durante a maior parte do tempo, construiu boas chances. A melhor delas foi aos 24. Donnarumma tentou sair no chutão, mas errou. Oyarzabal ficou com a bola dentro da área pela direita e foi travado. Olmo ficou com a sobra na marca do pênalti, chutou forte, mas o goleiro se recuperou e fez grande defesa!

Na trave!

O grande momento da Itália no primeiro tempo foi só aos 44. Insigne recebeu na direita e tocou para Emerson Palmieri. O lateral nascido no Brasil finalizou forte e a bola explodiu no travessão.

Golaço da Itália

Se na etapa inicial foram os italianos quem começaram melhor, na segunda os espanhóis é que dominaram, com boas chances de Oyarzabal e Busquets. Mas foi a Itália quem se deu melhor. Aos 15, Insigne tabelou com Immobile e a bola chegou em Chiesa, que bateu colocado para fazer 1 a 0.

Espanha vai para cima e empata

Por muito pouco a Espanha não empatou logo na sequência. Koke deu cavadinha da entrada da área, Oyarzabal apareceu livre, mas errou o cabeceio. Grande chance desperdiçada!

No lance seguinte, Olmo arriscou e a bola passou muito perto do gol de Donnarumma. De tanto insistir, a Espanha finalmente chegou ao gol de empate. Morata tabelou com Olmo e bateu na defesa do goleiro, deixando tudo igual, aos 35.

Prorrogação + pênaltis

Com tudo igual no placar, a partida foi para a prorrogação. E os espanhóis, aparentando mais vigor físico, seguiram em cima. Olmo, em cobrança de falta, quase surpreendeu Donnarumma. No rebote, Morata bateu e Chiellini afastou.

Na segunda etapa, a Itália, que estava acuada, decidiu atacar. E chegou a marcar, com Berardi, mas ele foi flagrado em impedimento.

Com tudo igual, a decisão foi para os pênaltis e Locatelli e Olmo haviam perdido, quando Morata, herói do empate no tempo normal, virou vilão, ao desperdiçar sua cobrança. Jorginho bateu o pênalti decisivo e classificou a Itália.

R7