Últimas

Porto de Vitória passa a receber navios à noite e movimento deve aumentar


A Codesa publicou no dia 29 de junho, com aval da Capitania dos Portos, uma decisão aguardada há mais de duas décadas pelo setor produtivo capixaba. A partir de agora, navios de grande porte estão autorizados a entrar no canal de acesso ao Porto de Vitória também no período noturno. Antes dessa nova regra, a entrada de navios no canal era permitida apenas durante o dia, o que era considerado um entrave relevante para a logística capixaba. O Sindiex, Sindicato das Empresas Exportadoras do Espírito Santo, comemorou a decisão e projeta mais competitividade para as exportações capixabas.

"Nova regra aumentará oferta de navios e deve reduzir custos", avalia Breno Sasso, coordenador do comitê de logística do Sindiex.
Desde o dia 29 de junho, está permitida a entrada de navios com comprimento entre 206m e 220,99m e calado de até 10,67m no canal de acesso à partir das 23h, com a condição dos holofotes do Clube Álvares Cabral estarem desligados.

O Sindiex, que participou da articulação dessa nova regra, considera a autorização da entrada de navios no período noturno um avanço para a logística capixaba.

“Esse era um dos entraves relevantes da logística do Espírito Santo. Existem navios que passam pela costa do Brasil e tinham escala no estado, mas os que chegavam não conseguiam entrar no canal do Porto de Vitória porque já estava escurecendo e a navegação noturna não era permitida”, aponta Breno Sasso, coordenador do comitê de logística do Sindiex.

Sasso avalia que essa nova regra, apesar de ainda impor algumas limitações das dimensões dos navios, será importante para aumentar o fluxo de navios no ES. Ainda, pondera que o aumento do trânsito de embarcações aumentará a oferta de navios para empresas que demandam transporte marítimo e, com isso, a tendência é que os custos sejam reduzidos.

“Ou seja, além de aumentar a oferta, ganharemos ao reduzir custos e poderemos nos tornar mais competitivos em relação a outros portos do Brasil, a exemplo de Santa Catarina”, encerra o coordenador do comitê de logística do Sindiex.
Nova iluminação permitiu flexibilização do trânsito de navios em Vitória

Em conversa com a coluna, João Augusto da Cunhalima, Diretor de Operações e Infraestrutura na Companhia Docas do ES, apontou que o reposicionamento de uma sinalização que auxilia o balizamento de navios à noite foi essencial para essa flexibilização.

“O Porto de Vitória já funcionava 24h por dia, mas uma determinada classe de navios não estava autorizada a entrar no período noturno. A razão para isso é a sinalização inadequada do chamado ‘alinhamento Delta’, que auxilia o capitão do navio a adentrar o canal. Realizamos uma obra de readequação desses faróis de alinhamento e agora os navios podem entrar no canal de forma segura à noite”, explica.

Ainda segundo Cunhalima, um dos principais beneficiados pela nova regra será o Terminal de Vila Velha, especializado em contêineres. “O Espírito Santo poderá ser incluído na escala dos navios de contêineres, que passavam pela costa capixaba e não tinham autorização para a manobra de entrada”, encerra.

Mundo Business