Últimas

Presidente do Benfica e representante associado a Jorge Jesus são presos

Divulgação/ Benfica - Presidente do Benfica

O presidente do Benfica , Luís Felipe Vieira, foi detido nesta quarta-feira em operação da polícia portuguesa. O procurador Rosário Teixeira emitiu ordens de busca e apreensão em meio a investigações sobre crimes de burla, abuso de confiança e lavagem de dinheiro. As informações são da emissora portuguesa "TVI".

Também foram presos na operação os empresários José António dos Santos, Tiago Vieira — filho do mandatário do Benfica — e Bruno Macedo, advogado responsável pelas negociações de Jorge Jesus , Éverton Cebolinha e Lucas Veríssimo no Estádio da Luz. Foi Macedo que intermediou, também, a chegada do técnico ao Flamengo , em 2019.

Segundo as investigações, o presidente dos encarnados teria utilizado sua influência para facilitar negócios envolvendo as empresas de José António dos Santos e de Nuno Gaioso Ribeiro, outro procurado pela polícia.

As operações envolveriam manobras financeiras na compra e venda de ações do Benfica , algumas delas travadas pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários de Portugal. Em uma delas, José António dos Santos embolsaria até 11 milhões de euros.

Luís Felipe Vieira passará a noite detido no batalhão de polícia de Moscavide, cidade vizinha a Lisboa. Seu caso será julgado pelo juiz Carlos Alexandre na próxima quinta-feira, diz a TV portuguesa.