null











 


Homem dorme debaixo de ônibus e morre atropelado pelo veículo

De acordo com a polícia, a vítima se deitou e dormiu. Por volta das 2h30 da madrugada deste domingo (31), o motorista saiu com o coletivo e não viu que havia uma pessoa debaixo do veículo.

Homem dorme embaixo de ônibus e morre atropelado no Norte do Espírito Santo — Foto: Reprodução

Um homem de 42 anos foi morto atropelado por um ônibus na madrugada deste domingo (31) no centro de Linhares, no Norte do Espírito Santo. Wellington Santos Souza estava deitado embaixo do coletivo e o motorista não percebeu a presença dele, quando saiu com o veículo.

Segundo a Polícia Militar, uma recepcionista de um hotel próximo ao atropelamento disse à corporação que o motorista pernoitou no estabelecimento e, por volta das 2h30, ao assumir a direção do veículo que estava estacionado na Rua Professor Jones, não percebeu que Wellington estava deitado embaixo do ônibus e seguiu viagem, com destino à Pontal do Ipiranga, também em Linhares.

Cerca de uma hora depois, segundo a polícia, o motorista recebeu uma mensagem de outro recepcionista do hotel relatando o fato. O profissional imediatamente retornou ao local e passou por teste do etilômetro, que deu negativo.

Homem dorme embaixo de ônibus e é atropelado por veículo em Linhares, no Norte do Espírito Santo — Foto: Reprodução

Ainda segundo a polícia, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas Wellington faleceu no local e a perícia foi acionada. O motorista foi encaminhado para a 16ª Delegacia Regional, onde foi ouvido e liberado conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro.

Questionada sobre o caso, a Polícia Civil explicou que a liberação do motorista foi adotada uma vez que o profissional permaneceu no local do acidente e não havia indícios de cometimento de crime que justificassem a prisão em flagrante. O caso seguirá em investigação.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) do município, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.


Fonte: G1


Postagem Anterior Próxima Postagem