Últimas

SEDH apresenta programação para Novembro Negro


Buscando promover o enfrentamento ao racismo, à desigualdade e à violência contra a população negra, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), preparou uma agenda especial para o Mês da Consciência Negra, também conhecido como Novembro Negro. A programação conta com roda de conversa, seminário, lives, oficina de turbante, além da tradicional cerimônia de transferência da capital do Estado para a cidade de São Mateus, no dia 20 de novembro.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, destacou que é importante promover ações que tragam visibilidade às questões que envolvem os direitos da população negra.

“É muito importante que tenhamos um calendário extenso de atividades no mês da Consciência Negra, para que possamos discutir amplamente sobre direitos, cultura, história e tradições da população negra. Precisamos falar de racismo e avançarmos na construção de uma sociedade antirracista e igualitária”, explicou.

A primeira agenda do Novembro Negro ocorreu na última semana, com a Plenária Aberta do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Cepir), realizada virtualmente. Na oportunidade, houve uma palestra com o tema “Formação em Cultura Bantu”, com Paulo Fernandes, que é bailarino e coreógrafo de matriz Afro-Bantu.

Além das rodas de conversa, oficinas e palestras, será realizada ainda uma campanha virtual, que começa nesta quarta-feira (11), com servidoras negras da SEDH. Os posts serão publicados na página do Facebook @DireitosHumanosES.

"A luta do povo negro é evidenciada no mês da Consciência Negra, que reverencia a resistência do líder Zumbi dos Palmares, resistência essa que a população negra mantém até os dias de hoje, ao ocupar os espaços de liderança e de gestão, em especial as mulheres negras. A Gerência de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Governo do Espírito Santo entende, enquanto organismo institucional e equipamento de articulação entre a sociedade civil organizada e governo, destaca a importância de criar, valorizar e potencializar as atividades alusivas ao Mês da Consciência Negra”, disse a gerente de Promoção da Igualdade Racial da SEDH, Edineia Conceição de Oliveira.

Confira abaixo a programação:

11/11 – Campanha Virtual com Servidoras Negras da SEDH


13/11 – Roda de Conversa: Mulheres Negras (evento virtual)
Horário: 14 horas
Tema: Desafios e Perspectivas de Gênero e Cor
Palestrante: Pesquisadora Silvana Santus
Plataforma: Zoom

16/11 – Conferência Virtual – Cariacica
Horário: 19 horas
Participação da Gerência Estadual de Promoção da Igualdade Racial (GEPIR)

17/11 – Reunião Ampliada com Gestorxs de Promoção da Igualdade Racial da Região Sudeste (encontro virtual)
Horário: 14 horas
Tema: Desafios e Perspectivas da Gestão

19/11 – Atividade na Unidade Prisional de Linhares
Horário: 14 horas
Tema: A Gestão como Instrumento de Transformação Social

20/11 – Cerimônia de Transferência da capital do Estado para a cidade de São Mateus

24/11 – Webpalestra: Política sobre drogas, juventudes e violências
Horário: 14 horas
Palestrantes: Sabrina Ribeiro Cordeiro e Renata Beatriz Rodrigues da Costa
Transmissão ao vivo: Facebook Direitos Humanos ES

25/11 – Oficina de Turbante
Horário: 14 horas
Local: Auditório do Palácio da Fonte Grande

26/11 – Live: Adoção e Negritude
Horário: 14 horas
Tema: Realidade das Crianças e Adolescentes em Acolhimento

30/11 – Seminário Municipal sobre o Dia da Consciência Negra Cariacica (evento presencial)
Horário: 19 horas
Local: Centro Cultural Frei Civitella Del Tronto
 
Observação: Programação sujeita a alteração.
 


Assessoria de Comunicação da SEDH

Nenhum comentário