Últimas

Sesa e Pastoral da Aids discutem fortalecimento das atividades de prevenção à doença

 


Na tarde dessa quarta-feira (02), o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, recebeu na sede da Secretaria da Saúde (Sesa), em Vitória, membros da Secretaria Nacional da Pastoral da Aids. O encontro teve o objetivo de fortalecer os trabalhos de prevenção ao HIV/Aids realizados durante todo o ano, mas especialmente no mês de dezembro, dedicado à conscientização e prevenção da doença.

Durante a reunião, Nésio Fernandes destacou a importância dos atendimentos realizados na Atenção Primária, relacionou os serviços oferecidos e como eles podem proporcionar bons resultados. “Quando se cria um vínculo do paciente com o profissional na Atenção Primária e existe segurança assistencial na conduta do caso, consegue-se cuidar das pessoas”, disse o secretário.

A assistente social e técnica da Coordenação Estadual de IST/Aids, Julimar Soares França, falou sobre como as ações em conjunto são fundamentais para informar a sociedade. “A pastoral realiza um trabalho muito importante, acolhendo as pessoas que possuem HIV. Nós auxiliamos nas capacitações da sociedade, com isso observamos resultados nos atendimentos realizados nas unidades de Saúde”.

O bispo de Nova Friburgo e presidente da organização, Dom Luiz Ricci, ressaltou a importância da união para promoção da saúde. “Momentos como esses mostram que todos estão unidos em uma causa muito importante. Eu saio dessa reunião muito gratificado. Agradeço ao secretário da Saúde e toda sua equipe por tudo que eles fazem em favor da vida” declarou Dom Luiz.

Também participou do encontro o subsecretário de Estado da Saúde, Luiz Carlos Reblin. Entre os representantes da Pastoral da Aids também estiveram presentes o secretário executivo, Evandro Ferre, e a subsecretária Ana Carolina Barbosa de Souza.


Teste

Um dos principais meios de prevenção da Aids é o diagnóstico precoce. Ele pode ser realizado por meio dos testes rápidos para o HIV, gratuitos e disponíveis nas Unidades Básicas de todos os municípios do Espírito Santo. O resultado do exame fica pronto em 30 minutos. Recentemente, a Sesa repassou aos municípios 930 mil testes rápidos para o diagnóstico do HIV, Sífilis e Hepatite B e C.

Também repassa, mensalmente, insumos de tratamento como medicamentos de alto custo para o tratamento da IST e das Infecções Oportunistas da Aids, todos os medicamentos antirretrovirais e penicilina enviados pelo Ministério da Saúde.

No Estado, há 26 Serviços de Atendimentos Especializados (SAE) em HIV, Sífilis e Hepatites Virais, que realizam o tratamento e acompanhamento de pessoas vivendo com HIV/Aids. Além disto, para ampliar a testagem para o HIV, o Espírito Santo conta ainda com 44 Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) e a Van do CTA Itinerante, da Sesa. Em todas as unidades de saúde dos municípios, além dos SAE em HIV, Sífilis e Hepatites e os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) distribuídos em todas a rede de saúde do Estado.

 

Governo ES

Nenhum comentário